Voltar para HOME


A História da Cofrul

A Cooperativa Mista dos Produtores Rurais de Frutal (Cofrul), nasceu com apenas 32 associados, no dia 15 de junho de 1973, por meio de um grupo de homens que, com muito esforço e obstinação, tornaram possível a concretização de um sonho. No início baseava-se na pecuária, no que se refere a medicamentos, ferramentas, sal mineral e calcário; sem uma diversificação maior, que só se tornou possível com o decorrer do tempo, quando Frutal teve seu nome lançado como pólo produtor de abacaxi. Neste período, a Cofrul alcançou uma posição de destaque na região, já que repassava a fruta do produtor rural, através de contratos com indústrias de sucos, que valorizavam o abacaxi e sustentavam a atividade.

Posteriormente a Cooperativa deu início à construção do laticínio, por meio de um barracão onde atualmente funciona a recepção de leite. Nesta ocasião foi possível uma maior variação dos serviços com a criação do Supermercado e de uma filial na cidade de Pirajuba, a aproximadamente 37km de Frutal. Apesar da construção da fábrica ser um sonho, os presidentes tinham que solucionar problemas imediatos, e a Frutalat ia ficando para depois... até que finalmente, em 1987 o projeto do laticínio foi retomado.


Vista aérea da fábrica

 

A construção da Fábrica do Frutalat

Em março de 1990 a fábrica do Leite Longa Vida Frutalat era uma realidade. Porém foi um momento difícil, porque além da Cooperativa manter a construção com recursos próprios, sofreu um desfalque muito grande por parte de uma empresa de Frutal, que comprava seu leite cru. Esta foi a fase mais crítica da Cofrul. Contudo, a Cofrul é uma empresa forte, com aproximadamente 150 funcionários entre Frutal e Pirajuba, e 1500 sócios, sendo cerca de 700 fornecedores de leite.


Vista aérea da fábrica

A empresa trabalha com a produção desses associados, presta serviços na área de industrialização de leite para outras empresas, além de comprar leite de cooperativas da região. É uma instituição de destaque no mercado nacional de longa vida, com a produção do Frutalat representando 1% do volume de leite cartonado produzido no Brasil, cujo público alvo é o Estado de São Paulo.

Em quatro anos de mercado a marca FRUTALAT fez-se sólida e respeitada por sua qualidade, tanto que, mesmo se a fábrica dobrasse sua produtividade, não conseguiria atender a demanda.

1º presidente: Alfredo Souza Queiroz - 06/74 a 03/79

2ºpresidente: Salomão Luiz de Freitas - 03/79 a 02/83

3ºpresidente: Braz Rodrigues da Silva - 02/83 a 05/85

4ºpresidente: Sinomar Domingues de Freitas - 05/85 a 08/87

5ºpresidente: Sinair de Souza - 08/87 a 03/90

6ºpresidente: João Del Rei da Costa - 03/90

 

Voltar ao TOPO

 

CADASTRE-SE E RECEBA MENSALMENTE O NOSSO BOLETIM FRUTALAT.